Frango a Gosto - Tudo que é bom... é a gosto!
HomeInstitucionalProdutosLocalizaçãoNotíciasReceitasFale Conosco

17/5/2010 00:00:00
Frango: importante na alimentação de crianças

8/12/2009 00:00:00
O Mito da Carne de frango com Hormônios

4/8/2009 00:00:00
A importância da carne de frango à mesa

2/6/2009 00:00:00
Paraná: referência em sanidade avícola

17/4/2009 00:00:00
Frango: alimento de alta qualidade

« 1 - 2 »
4/8/2009 00:00:00

A importância da carne de frango à mesa

Com pouquíssimo teor de gordura, a carne é uma fonte rica de vitamina B

Especialistas afirmam: carne de frango é um ótimo alimento para a recuperação do organismo.

       A carne de frango é classificada como um alimento saudável e com pouquíssimo teor de gordura, desde que seja consumida sem pele. Para quem faz uma alimentação equilibrada, o frango é indispensável no cardápio, pois fornece nutrientes necessários como: lipídios, vitaminas e minerais que são encontrados na composição da carne. “A carne de frango é uma fonte rica em proteínas, substâncias vitais para o organismo. Ela participa na formação e crescimento dos tecidos, no sistema imunológico, em processos enzimáticos e energéticos”, afirma o médico nutrólogo, Maximo Asinelli, membro da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN).

Valores nutricionais

   As proteínas do frango têm um elevado teor de aminoácidos, elementos indispensáveis ao crescimento, à conservação e reparação dos tecidos humanos. Uma das vantagens da carne branca é ser uma importante fonte de vitaminas do complexo B, principalmente, B2, B12 e B6, útil na formação da hemoglobina, a vitamina B6 é também um estimulante muscular e um protetor da pele.

      Essas vitaminas têm papel importante no metabolismo celular ou nos processos orgânicos do corpo, como por exemplo, para quebra da glicose (o que fornece energia), de gorduras e proteínas (bom para o funcionamento do sistema nervoso), para a boa saúde do estômago, intestino, pele, cabelo, olhos, boca e fígado. Segundo o nutrólogo, o frango é um bom prato para recuperar o organismo. “Ele é rico em ferro heme, que é mais facilmente absorvido pelo organismo, e fósforo”, completa doutor Maximo.

      É importante ficar atento ao tipo de corte, por exemplo, o pedaço considerado mais magro da ave é o peito, que contém apenas 2% de lipídios. Entretanto, essa pequena quantidade de gordura que traz é de boa qualidade. Já as partes mais escuras do frango, como a coxa com pele, tem maior quantidade de gordura.

     Há uma série de diferenças entre a carne branca e a carne vermelha, mas a principal delas é a questão da gordura, como diz o nutrólogo Asinelli. “Como a taxa de lipídios (gordura) é pouca, a carne de frango é mais facilmente digerida e não congestiona o fígado, que tem menos trabalho para eliminar as toxinas do corpo”, alerta.

     Com todos esses motivos para ingerir a carne de frango, lembre também que você está levando para casa bons nutrientes e, ainda por cima, por um preço acessível a todos.

Fonte: Revista Avicultura do Paraná, Ano II, N.º11, Jul/Ago 2009, pág. 32.



WebLite Soluções para Internet